Mensagem de boas vindas para encarregados de educação

Sejam bem-vindos à plataforma Ensino a Distância!

Como sabem, esta é uma escola diferente da habitual, onde a maioria das actividades realizadas pelos vossos educandos acontece na Internet, com recurso a um computador portátil.

Seguem-se algumas ideias do que poderão fazer para estreitar a relação com os vossos filhos no que diz respeito ao mundo das tecnologias... Não são receitas para serem seguidas à risca. Tratam-se apenas de algumas sugestões, que devem adaptar ao estilo de relação que mantêm com os vossos filhos, e que podem usar como e quando considerarem oportuno.

Como podem ajudar os vossos filhos?

1. Aprender, aprendendo com eles

  • Para que possam ajudar os vossos filhos a tirar o melhor proveito do computador portátil e a desenvolver hábitos de uso seguro das tecnologias é importante que, desde cedo, sejam criadas condições adequadas a essa utilização.
  • É essencial que procurem conhecer e acompanhar de perto a forma como os vossos filhos se relacionam com o computador e o que gostam de fazer com ele.
  • É fundamental que se mantenham informados a respeito das tecnologias e que partilhem com outros pais, e até com os professores dos vossos filhos, as dúvidas e as experiências que vão tendo.
  • Procurem saber o que as crianças gostam de fazer no computador
  • Conversem, com frequência, com os vossos filhos sobre o computador e a Internet. Quanto mais falarem sobre o seu mundo e as coisas que lhes interessam, mais abertamente eles falarão com vocês e aceitarão as vossas opiniões, sugestões e orientações.
  • Sentem-se ao lado deles e peçam-lhes para lhes mostrarem o que já sabem fazer. Perguntem-lhes como aprenderam e peçam-lhes para que vos expliquem alguma coisa que vocês queiram perceber.
  • Observem-nos a usar o computador e tentem perceber o que é importante para eles, o que eles acham que estão a aprender e como o fazem. 
  • Insiram o computador e as atividades a desenvolver com ele no ambiente familiar.
  • Procurem que os vossos filhos usem o computador junto de vocês, mesmo que estejam ocupados com alguma outra atividade. Desta forma, será mais fácil que conversem sobre o que estão a fazer, ou que partilhem descobertas, mas também desconfortos.
  • Procurem manter-se informados sobre o uso das tecnologias.
  • Procurem aprender mais sobre a utilização dos computadores e questões que lhe estão associadas. Peçam ajuda aos vossos filhos mais velhos, a outros familiares e a amigos ou recorram a Internet.
  • Estejam atentos à linguagem "digital" que os vossos filhos vão aprendendo e inventando com os amigos para mais facilmente poderem comunicar com eles.

2. Usar o computador com segurança

  • Limpeza do equipamento - Para garantir uma correta utilização e funcionamento do equipamento é fundamental que o computador se mantenha limpo. Para tal, utilizem um pano seco, não utilizem líquidos e limpem apenas os componentes externos.
  • Bateria - Carreguem sempre a bateria do computador portátil por completo. Depois utilizem o portátil, só com a bateria, até que esta se descarregue e o computador entre em modo de hibernação. Por fim, voltem a carregar a bateria. Normalmente, as baterias usadas nos computadores portáteis têm um circuito inteligente associado que controla a carga da bateria, ou seja, interrompe o fornecimento de energia quando a carga atinge um valor limite e interrompe o gasto de energia quando esta atinge um valor demasiado baixo.
    Quando estiverem a usar o computador apenas com a bateria (sem estar ligado à corrente), não devem executar tarefas muito exigentes (por exemplo, ver um vídeo consome mais energia do que ler um texto no computador). Sempre que o fazem há uma diminuição de recursos: diminui o brilho do computador, a velocidade de utilização do processador, etc..
  • Atualização e manutenção - Se têm Internet, é provável que, de vez em quando, apareçam mensagens de aviso referentes à atualização de alguns programas (software) que estão instalados no computador, normalmente relativos ao sistema operativo ou ao programa antivírus.
    Antes de clicar na opção "Aceitar", devem verificar se esses pedidos vêm das empresas que comercializam os respetivos programas. Estas atualizações permitem manter o computador mais seguro e os programas a funcionar adequadamente e, em geral, não são perigosas.
  • E não se esqueçam que ... O computador deve ser colocado em cima de uma mesa estando o monitor abaixo do nível do olhar do utilizador. Não convém estar muito tempo seguido a utilizar este equipamento, por isso, fomentem que as crianças façam pequenos intervalos envolvendo-se em atividades de outra natureza.

O que se pode fazer com o computador portátil?

O computador já vem com alguns programas instalados. Alguns são necessários para aspectos de segurança, outros são adequados para as crianças brincarem ou até trabalharem em tópicos relacionados com os currículos escolares, outros ainda permitem-lhes desenvolver materiais ou até comunicarem ou navegarem na Internet.

Adequar o ambiente de trabalho do computador às capacidades e necessidades da criança

O computador tem instalado alguns programas que ajudam a personalizar o ambiente de trabalho do computador e a proteger definições do sistema e ficheiros de dados importantes contra a interferência acidental das crianças.

Têm a possibilidade de definir quais os programas e os sítios da Internet que os vossos filhos podem usar e controlar quando e como a feito esse acesso.

O ambiente de trabalho do computador disponibilizado pode ser ajustado às características dos vossos filhos. Pode ir também sendo alterado através de atualizações contínuas e de colocação de novos conteúdos à medida que eles vão sendo mais experientes e responsáveis.

Jogar e explorar tópicos escolares

As crianças aprendem muito, mesmo quando brincam. Existem vários programas que as crianças podem utilizar para jogar e aprender.

Por exemplo, em muitos jogos é preciso resolver problemas, tomar decisões mediante um conjunto de regras que têm de ser respeitadas, descobrir soluções, ler e escrever, procurar palavras novas, pesquisar sobre temas, explorar números a formas geométricas, ouvir e ler inglês, etc..

O computador pode, por isso, ser um divertido "companheiro para aprender", que também pode ajudar no estudo de alguns temas escolares. Procurem saber que assuntos estão a ser trabalhados na escola e escolham, no computador, os programas que podem ajudar os vossos filhos nessas aprendizagens.

Desenvolver materiais

Alguns dos programas que vêm no computador permitem escrever, desenhar, calcular e outros ajudam a fazer tratamento de imagens (fotos ou vídeo). Estas são ferramentas essenciais para se construírem materiais que podem ser úteis para as tarefas escolares dos vossos filhos. E porque não imaginar utilizações familiares para essas produções? Será uma boa forma de todos aprenderem e construírem coisas em conjunto. Por exemplo, podem construir etiquetas para caixas ou livros, postais para o Natal ou convites de aniversário e até pequenas bandas desenhadas. Mas também podem usar uma folha de cálculo para gerir a mesada ou para ajudar a organizar as despesas familiares. E que tal fazer álbuns de fotografias e montagem de pequenos vídeos para mostrar a toda a família?

Utilizar a Internet

Com a ligação do computador portátil à Internet, amplia-se a quantidade de actividades acessíveis às crianças. Elas podem pesquisar, ouvir musica, ver vídeos, ler jornais, visitar museus ou locais históricos, conhecer outros países, jogar, etc.. Se já conhecem os gostos e necessidades dos vossos filhos, procurem alguns sítios que lhes possam agradar (sítios de jogos ou de estudo, de musicas, de vídeos, de personalidades famosas...) Mostrem-lhes os sítios que encontraram e estimulem-nos a fazerem o mesmo convosco.

Apesar de existirem programas simples para bloquear o acesso a determinadas páginas da Internet, é muito importante ajudarem os vossos filhos a aprender a viver em segurança e com responsabilidade na Internet.

Tal como lhes ensinam regras para andarem na rua ou nos jardins públicos em segurança, mesmo quando estão sozinhos, também devem ajudá-los a viver com segurança na Internet. Muitas dessas regras podem ser adaptadas para a navegação na Internet, como por exemplo:

  • não fales nem vás com estranhos
  • não dês informações pessoais
  • não aceites nada de pessoas que não conheces
  • não acredites em tudo o que vês e ouves

Definam um conjunto de regras de utilização da Internet para os vossos filhos, mas façam-no em conjunto com eles. Conversem sobre cada uma delas e sobre as razões que as justificam. Se eles as compreenderem bem e perceberem que são para a sua segurança, é natural que as adotem quando acedem a Internet em quaisquer outros ambientes.

Acompanhem de perto a utilização que os vossos filhos fazem da Internet (com certeza que também vão aprender coisas novas), mas mantendo sempre um clima de abertura e de diálogo de maneira a que os vossos filhos se sintam à vontade para recorrerem a vocês sempre que alguma coisa lhes pareça estranha ou lhes provoque desconforto.

Guia para Pais e Educadores (adaptação do «Guia para Pais e Educadores» do programa e-escolinha, da autoria de Vitorino Cardoso)

Editor: Ministério da Educação Direcção-Geral de Inovação a de Desenvolvimento Curricular

Data: Setembro 2010


Última alteração: Segunda, 15 Setembro 2014, 01:40